O e-commerce brasileiro passou por transformações incríveis em 2020. Algumas pesquisas apontam que mais de 7 milhões de usuários compraram pela primeira vez no ano passado. Nitidamente, o comportamento do consumidor está mudando. Por isso, vamos citar  seguir algumas tendências de comércio eletrônico para 2021.

1- Produtos usados
O crescimento do mercado de produtos usados já é destaque. Plataformas como Elo 7, Pinterest, OLX, Mercado Livre e afins demonstram que é normal encontrar este tipo de mercadoria.

2 – Pagamentos Instantâneos
O PIX não é mais uma tendência e sim realidade. O fato de receber um pagamento na hora acabou desburocratizando um processo que nem sempre foi simples. Lojas virtuais estão correndo para se adaptar a este novo modelo de mercado.

3 – Vendas via celular
Com uma penetração cada vez maior da internet no Brasil, os smartphones se colocam como centro do consumo. Sites, e-commerces e lojas virtuais que não estiverem preparadas para adaptar seus conteúdos e produtos na tela dos celulares correm um sério risco de deixar de faturar.

4 – Produtos customizados
A Nike lançou moda com a possibilidade dos consumidores customizarem seus tênis. Mas no Brasil, já existem diversas empresas utilizando este apelo. E-commerces de roupas, calçados, utensílios domésticos e até do mercado pet enxergaram na customização um mercado a ser explorado.

5 – Multicanal
Integrar ações online com offline pode ser uma forma de aumentar o faturamento. Pelo menos, algumas redes de lojas testaram este tipo de abordagem e integraram sua atuação. Desconto para quem já era cliente da loja física. Comprar no aplicativo e retirar presencialmente na loja. Escolher o produto no e-commerce e provar na loja física. Mistura on e off é mais que uma tendência.

Precisa de suporte para seu e-commerce?
Aqui na LEOLOG atuamos com operações de Armazenagem e Logística. Entre em contato para sanar suas dúvidas.

Atendemos clientes de todo o Brasil
+55 48 3203-3093 contato@leolog-sc.com.br
WhatsApp: (48) 99981-1449